Projeto Saúde e Bem-Estar do NDI
  • Algumas atividades educativas realizadas em março de 2017

    Publicado em 23/05/2017 às 20:46

    Aproveitando o calor de março confeccionamos picolés de água de coco e frutas com o grupo 5 vespertino. As crianças picaram e provaram kiwi, manga e morango, que foram misturadas com água de coco. Formando uma linda e saudável mistura que foi colocada pela crianças em forminhas de picolé e consumidas no dia seguinte.

    Picolés

    Preparo

     

     

     

     

     

     

     

    Também fizemos o suco verde da Rafa, ela é aluna do grupo 4 B vespertino e sempre faz sucos verdes em casa no café da manhã. Assim, a turma preparou nesse dia um suco com couve, alface, maça, laranja, hortelã e batata yacon. Antes do preparo do suco foi contada a história: “Era uma vez, uma menina que gostava de provar todos os alimentos que conhecia. Ela sabia que assim cada alimento tinha um gosto diferente, uns eram mais doces, outros mais amargos, outros mais ácidos ou azedos. Depois de provar todos os alimentos e descobrir que provar era bom ela resolveu inventar misturas especiais. Assim todos os dias de manhã ela fazia um suco diferente “ . Depois da história foi apresentada uma imagem com as áreas da língua onde sentimos cada tipo de sabor.

    Mostrando a língua e falando dos sabores

    Ingredientes do suco

     

     

     

     

     

     

     

     

     

    Fizemos no período matutino e vespertino, grupos 4 e 6 a atividade de pão de quê colorido, feito com beterraba, brócolis, açafrão. A atividade foi pensada de forma a incluir as crianças com alergias alimentares da turma. Este pão é feito com ingredientes saudáveis e permite que todos da turma possam comer, pois não possui leite, glúten ou ovos. Algumas fotos desses dias:

    Pães de quê assados

    Prontos pro forno

     

     

     

     

     

     

     

     

    Uma atividade feita em conjunto com a professora do grupo 3 matutino foi o (re)conhecimento da abóbora… E a abóbora que a professora trouxe era gigante! 🎃 Os pequenos provaram as sementes torradas e a abóbora cozida. Na semana seguinte provaram o caldo da abóbora quentinho e nutritivo!  🍵

    A abóbora gigante

    Caldinho de abóbora


  • Macarrão de abobrinha

    Publicado em 06/12/2016 às 19:29

    As crianças dos grupos 2 e 3 matutino participaram de uma atividade muito divertida e deliciosa, o preparo de um macarrão diferente! Com o auxílio de um ralador e dos adultos algumas abobrinhas foram raladas em tirinhas finas, levemente fervidas e degustadas com molho de tomate.

    15284039_10209668914092021_8497911225482618809_n

    Sentindo a textura

    O preparo

    O preparo


  • Massinha de beterraba

    Publicado em 06/12/2016 às 19:21

    Os grupos 1,2 e 3 vespertino ajudaram a fazer uma massinha diferente para brincar, massinha de beterraba!  Elas observaram e tocaram os ingredientes durante o preparo e depois de pronta foram pra mesa brincar.

    RECEITA DA MASSINHA DE BETERRABA

    Em uma recipiente coloque 1 copo de farinha de trigo, ½ copo de sal, 1 colher (de chá) de cremor de tártaro (conservante). Reserve.

    Para obter a cor vermelha cozinhe 5 beterrabas em 500 ml de água.

    Em outro recipiente, misture 1 copo da água tingida (com beterraba ) com 1 colher de óleo e deixe ferver. Coloque essa mistura quente por cima dos ingredientes secos, escaldando. Misturar com uma colher e depois amassar. Guardar em saco ou recipiente hermeticamente fechado. Conservar em geladeira até o uso.

    Essa massinha é uma opção mais natural para a brincadeira das crianças, principalmente nessa faixa etária, pois caso seja levada a boca evitará a ocorrência de reação alérgica por conta de corantes artificiais. Ainda assim, não deve ser considerada comestível, por conta de toda a manipulação do preparo e na brincadeira.

    Brincando

    Brincando


  • O que são alimentos orgânicos

    Publicado em 09/11/2016 às 17:55

    A atividade realizada com  grupo 4 e 5A vespertino foi feita na biblioteca do NDI. As crianças foram questionadas sobre o que eram alimentos orgânicos e sobre os motivos pelos quais devemos priorizar o consumo destes alimentos.  Foi mostrada uma imagem sobre uma plantação convencional onde são aplicados agrotóxicos para o controle de pragas e uma plantação orgânica.

    Foi apresentado o vídeo Comida que alimenta, que fala sobre as feiras agroecológicas.  O vídeo está disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=z6xAkNPV3QI

    Depois a nutricionista trouxe alimentos orgânicos da cozinha do NDI e explicou sobre os selos dos orgânicos, as crianças gostaram de identificar o selo nas embalagens e de saber que na escola muitos dos alimentos oferecidos são orgânicos.

    Vendo o vídeo

    Vendo o vídeo

    IMG_20161011_153126454(1)

    Conhecendo o selo dos orgânicos

     


  • O poder mágico das cores das frutas

    Publicado em 19/10/2016 às 13:37

    A atividade realizada com o grupo 4 e 5B matutino teve como objetivo incentivar o consumo de alimentos coloridos, em especial os diferentes tipos de frutas.

    Uma fada e levou dentro de uma cesta diversas frutas higienizadas em potes. Fez-se uma roda e as crianças foram convidadas uma por uma a pegar, de olhos vendados, uma fruta de dentro da cesta da fada e tentar adivinhar qual fruta era. Houve entusiasmo e ansiedade entre as crianças ao realizar a atividade. Acertaram a grande maioria das frutas e sabiam distinguir as cores.

    Após a brincadeira da adivinhação, as crianças foram lavar as mãos para comer as frutas. Foi então, proposto que eles “ajudassem a fada a criar a poção mágica”, que era juntar todas as frutas picadas, fazendo uma salada de frutas. Neste momento, serviu-se a salada e foi explicado que nelas contêm vitaminas e minerais, “para ficarem poderosos”.

     

    A fada

    A fada

    O poder das cores

    O poder das cores


  • I PASSEIO CICLÍSTICO E DE MOTOQUINHAS DO NDI

    Publicado em 21/09/2016 às 18:11

    O nosso 1º Passeio ciclístico e de motoquinhas do NDI aconteceu na manhã de sábado do dia 10/09/2016. Foram convidadas a participar da atividade as crianças do NDI e suas famílias, o 1º ano do Colégio Aplicação da UFSC e as crianças do Flor do Campus.

    Foi uma manhã linda de sol onde as crianças e famílias se divertiram em dois circuitos preparados para que as crianças tivessem um espaço seguro e delimitado para se exercitarem. Depois da atividade tivemos um delicioso lanche coletivo.

    Lanche coletivo

    Lanche coletivo

     

    Circuito de bicilcetas

    Circuito de bicilcetas

    Circuito de motoquinhas

    Circuito de motoquinhas


  • I Passeio Ciclístico e de Motoquinhas do NDI

    Publicado em 31/08/2016 às 17:13

    Cartaz


  • Atividade culinária – bolo de cacau sem glutén, sem leite, sem soja

    Publicado em 26/08/2016 às 18:17

    As atividades culinárias  no projeto Saúde e Bem-Estar tem o objetivo de propiciar às crianças do NDI um maior contato com os alimentos.

    Nesta atividade realizada dia 23 de agosto de 2016 com o grupo 5 matutino a culinária foi feita também para trabalhar o tema da inclusão, já que duas crianças do grupo possuíam alergia ou intolerância a determinados alimentos.

    Desta forma a receita de bolo foi adaptada para que todos pudessem manusear e comer ao final. Fizemos inicialmente uma conversa com o grupo sobre o que este bolo tinha de diferente, ressaltando a diferença entre as farinhas, que um bolo não precisava ser necessariamente feito de farinha de trigo ou leite e que um alimento pode ser saudável pra a maioria das pessoas e fazer mal para alguma específica.

    Depois disso as crianças vestiram os novos aventais e toucas, elaborados pela família da nossa diretora Eloisa Helena Teixeira Fortkamp, e colocaram as mãos na massa!

    Quando ficaram prontos, os bolinhos foram consumidos junto com o lanche.

    Misturando

    Misturando os ingredientes

    Bolinhos prontos

    Bolinhos prontos


  • Venha caminhar com o Projeto Saúde e Bem-Estar

    Publicado em 16/08/2016 às 17:04

    O Projeto de extensão Saúde e Bem Estar conta com a participação do projeto de educação física do Núcleo de Desenvolvimento Infantil da UFSC.

    Temos como cerne desta participação, possibilitar a reflexão da importância da atividade física para a saúde e bem estar, da comunidade universitária (professores, estagiários, TAEs, terceirizados, pais e crianças, do NDI, Colégio de Aplicação e CED).

    Organizamos um programa de caminhadas e corridas e sessões semanais de alongamentos na instituição.

    O programa de caminhadas e corridas:

    Terça-feira- Caminhada – saída do NDI às 06h45min e retorno às 07h15min;

    Quinta-feira- Caminhada e corrida- saída do NDI às 18h45min e retorno às 19h30min.

    Mais informações no email do projeto: projetosaude.ndi@contato.ufsc.br ou direto com o Giba no telefone 3721-3571

    Caminhadas

    Caminhadas


  • Sugestões de atividades para o segundo semestre de 2016

    Publicado em 09/08/2016 às 20:23

    Durante o segundo semestre de 2016 o projeto Saúde e Bem-Estar do NDI propõe aos grupos algumas sugestões de atividades, listadas abaixo. Além destas sugestões outros temas podem ser abordados quando combinados previamente conosco. As atividades serão agendadas para as terças-feiras e podem ser combinadas pelo email do projeto: projetosaude.ndi@contato.ufsc.br

    1. As cores dos alimentos e os nutrientes – identificar porque os alimentos têm cores diferentes e quais nutrientes predominam por grupo de cores, identificar porque esses nutrientes são importantes para a saúde. Pode ser feito com figuras, as crianças podem receber desenhos impressos de frutas e verduras para colorir. Grupos 1, 2 e 3: trabalhar com uma cor por vez e ao final as crianças poderão provar os alimentos.

    2. Reconhecendo as frutas – identificar cor, textura, cheiro, tamanho e sabor. Sugestão: crianças vendadas irão retirar uma fruta de dentro de uma cesta, sentir o cheiro, textura e tentar adivinhar qual fruta é. Ao final pode ser feito uma salada de frutas. Grupos 1, 2 e 3: contaruma história que trabalhe uma ou duas frutas por vez e ao final as crianças poderão provar as frutas.

    3. Reconhecendo as verduras e legumes – semelhante ao anterior. Pode-se fazer uma caça ao tesouro com os alimentos, explicar porque esses alimentos podem ser considerados tesouros. Ao final pode ser feita uma sopa. Grupos 1, 2 e 3: contar história que trabalhe uma ou duas verduras por vez e ao final as crianças poderão provar as verduras.

    4. A digestão – reconhecer o processo de digestão. Usar alimentos de várias texturas, pedir para que as crianças identifiquem se precisa mastigar pouco ou muito para engolir. Explicar porque é importante comer com calma e mastigar bem os alimentos. *Sugestão: preparar espigas de milho para consumo do grupo, pois ajudará a identificar se a mastigação e digestão ocorreram direitinho ou não.

    5. Água – explicar benefícios de beber água e o que acontece com o corpo quando bebemos pouca água.

    6. O trajeto do alimento e constipação – explicar qual é o trajeto do alimento no corpo humano com demonstração no boneco “Peteleco” (boneco que simula o trajeto do alimento), identificar porque ocorre a constipação e o que se pode mudar na alimentação para melhorar. Será apresentado um vídeo sobre a evacuação e a importância da ingestão hídrica.

    7. De onde vem / como é feito? – como é feito o bolo? Como é feito o pão de queijo? Tem diferença entre o bolo ou pão de queijo do mercado e o bolo feito em casa? Mostrar as crianças que uma mesma preparação pode ser saudável ou não, valorizando a forma de produção caseira, orgânica, natural e entre a família e amigos. Sugerimos que a professora identifique as curiosidades que o grupo tem em relação aos alimentos. Num segundo momento poderá ser feita uma culinária.

    7. Atividades culinárias – propiciar um maior contato com os alimentos. Elaboração de receitas com as crianças, permitir que coloque a mão na massa! Bolos, cookies, pão, salada de frutas, sorvete de frutas, etc.

    8. Alimentos orgânicos – explicar o que são alimentos orgânicos e qual a importância para a nossa saúde e do planeta.

    10. Visita na feira – propiciar um maior contato com os alimentos.Visita à feira para reconhecimento dos alimentos.

    11. Visita à cozinha do NDI – ver como é feito o nosso lanche e quem são os profissionais que o fazem.

    10. Sobras e restos de alimentos – observar as sobras e restos e fazer questionamentos, “qual a diferença da casca da banana e da metade do cookies que foi jogado fora? É legal pegar um cookies, morder e jogar fora?” Ensinar consumo consciente. Identificar o que acontece com o lixo depois que sai da sala. *Atividade que pode ser combinada com o grupo de educação ambiental.

    11. Reconhecendo a cultura alimentar, do Brasil e outros países – identificar o que é cultura, porque os alimentos são importantes para cada cultura. Optar por uma ou duas culturas específicas que tenham a ver com o grupo. Num segundo momento poderá ser feita uma culinária sobre a cultura escolhida.

    13. Porque meu colega tem o lanche diferente do meu? – explicar o que são as alergias e intolerâncias alimentares e os motivos que fazem o lanche do amigo da escola ser diferente.

    14. Comida de verdade – explicar o que são alimentos processados e por que devemos evitá-los. Pedir para as crianças guardarem embalagens de alimentos que consumiram durante um período e trazerem para conversarmos sobre o assunto (nutricional e ambiental). *Atividade que pode ser combinada com grupo de educação ambiental

    15. Corpo Humano – explicar como é o corpo humano com dinâmica de desenho em papel onde as crianças em pequenos grupos desenham os órgãos do corpo humano, com apresentação das funções de cada órgão desenhado.

    16. Uso correto do banheiro e higienização das mãos – Explicar com o uso de bonecos, como é a correta higienização das mãos e a higienização dos genitais. Depois disso as crianças vão até o banheiro para observar figuras com rostos tristes e felizes onde é explicado o porquê do vaso ficar triste, como exemplo quando a criança não puxa a descarga, joga o lixo no chão, urina fora do vaso. E que o vaso fica feliz quando a criança faz a higiene das mãos antes e após utilizar o banheiro, puxa a descarga e joga o papel no lixo.

    17. Crescimento e Desenvolvimento – Conversa com as crianças, abordando o tema crescimento e desenvolvimento e importância da alimentação saudável. As crianças são estimuladas a pensar o que é importante comer para crescer e o que devemos fazer além de comer bem para crescer saudável. Após a conversa as crianças podem ser pesadas com o objetivo de comparar ao peso de nascimento e assim demonstrar o crescimento e desenvolvimento das mesmas.

    18. Como nascem os bebês e como as pessoas envelhecem – Conversa iniciada a partir do conhecimento das crianças sobre como nascem os bebês, como eles são formados, quem nasceu de cesárea ou de parto normal, como os bebês se alimentam na barriga da mãe. Para ilustrar são usadas imagens do livro “O corpo humano – o desenvolvimento do bebê” e o vídeo sobre o nascimento do bebê. A conversa segue com o questionamento sobre como as pessoas envelhecem com explicação e apresentação de vídeo sobre o envelhecimento.