Atividades Realizadas

Atividades educativas com as crianças

  • “Corpo Humano” – As crianças se dividiram em quatro grupos e cada grupo efetuou o contorno de um amigo em um papel e desenharam os órgãos do corpo humano. Posteriormente, apresentou-se,as crianças, o torso humano e comparou-se com os diferentes desenhos. Depois foi explicado sobre as funções de cada órgão desenhado.
  •   “Trajeto do alimento e constipação” – As crianças foram reunidas em roda, onde foi falado sobre o trajeto do alimento no corpo humano e depois demonstrado através do “Peteleco” (boneco que simula o trajeto dos alimentos). Por último assistiram ao vídeo sobre a evacuação e a importância da ingesta hídrica.
  • “Uso correto do banheiro e higienização das mãos”–Primeiramente as crianças foram reunidas em roda e foram demostrados alguns cuidados, através de bonecos, como a correta higienização das mãos e a higienização dos genitais. Após, as crianças foram até o banheiro e observaram figuras com rostos tristes e felizes nos vasos e posteriormente explicou-se o porquê do vaso ficar triste, como exemplo quando a criança não puxa a descarga, joga o lixo no chão, urina fora do vaso. E que o vaso fica feliz quando a criança faz a higiene das mãos antes e após utilizar o banheiro, puxa a descarga e joga o papel no lixo. Para finalizar, as crianças foram reunidas novamente em roda e a nutricionista conversou sobre a importância da correta higienização dos alimentos.
  • “Questões de gênero e diversidades” – A atividade foi iniciada com uma brincadeira de pique esconde, com o objetivo de promover o movimento corporal e interesse das crianças pelo início da atividade. Após a brincadeira, as crianças foram convidadas a entrar na biblioteca, onde se sentaram em roda. A conversa teve o objetivo de expor as diferenças, tanto entre meninos e meninas (órgãos genitais, presença de barba, seios e a possibilidade de gestação na fase adulta), quanto entre todos os indivíduos (como cor de pele, cabelos, olhos, altura, deficiências). Para isto utilizaram-se bonecos e livros ilustrados. Depois da conversa, realizou-se a medida do comprimento de todas as crianças, cada uma recebeu um pedaço de lã com sua respectiva medida, este material foi fixado em um cartaz, assim as crianças puderam visualizar a diferença de altura entre os colegas do grupo. Enfatizou-se ser “normal / legal” haver diferenças entre todas as pessoas
  • “Crescimento e Desenvolvimento” – Inicialmente foi realizada uma conversa com as crianças, abordando o tema crescimento e desenvolvimento e importância da alimentação. Posteriormente as crianças foram pesadas com o objetivo de comparar ao peso de nascimento e assim demonstrar o crescimento e desenvolvimento das mesmas.
  • “Dentes de Leite x Dentes Permanentes” –Foi realizada uma conversa com as crianças sobre os 20 dentes decíduos e os 32 dentes permanentes (quando eles são formados, quando nascem, porque são substituídos, quando se completam, tipos e função de cada dente).Após, foi demonstrado na boca articulada a posição dos dentes. E por fim foi mostrado, por meio de livros, as diferenças dos dentes entre os animais e apresentado um vídeo sobre a troca dos dentes.
  • Gestação, nascimento e envelhecimento – Iniciamos a atividade a partir do conhecimento das crianças sobre como nascem os bebês, como eles são formados, quem nasceu de cesárea ou de parto normal, como os bebês se alimentam na barriga da mãe. Mostramos as imagens do livro “O corpo humano – o desenvolvimento do bebê”. Depois passamos o vídeo “nasce o bebê” e conversamos sobre parto normal e cesárea. Na sequência assistimos ao vídeo que demonstra o parto normal através de uma animação. Ouvimos junto com as crianças os batimentos cardíacos dos bebês nas barrigas das enfermeiras. E finalizamos conversando sobre o envelhecimento e passando um vídeo que fala sobre o envelhecimento.
  • “As cores dos alimentos e os nutrientes”– Identificar porque os alimentos têm cores diferentes e quais nutrientes predominam por grupo de cores, identificar porque esses nutrientes são importantes para a saúde. Pode ser feito com figuras, as crianças podem receber desenhos impressos de frutas e verduras para colorir. Grupos 1, 2 e 3: trabalhar com uma cor por vez e ao final as crianças poderão provar os alimentos
  • “Reconhecendo as frutas”– Identificar cor, textura, cheiro, tamanho e sabor. Sugestão: crianças vendadas irão retirar uma fruta de dentro de uma cesta, sentir o cheiro, textura e tentar adivinhar qual fruta é. Ao final pode ser feito uma salada de frutas. Grupos 1, 2 e 3: contar uma história que trabalhe uma ou duas frutas por vez e ao final as crianças poderão provar as frutas.
  • “Reconhecendo as verduras e legumes”– Semelhante ao anterior. Pode-se fazer uma caça ao tesouro com os alimentos, explicar porque esses alimentos podem ser considerados tesouros. Ao final pode ser feita uma sopa. Grupos 1, 2 e 3: contar história que trabalhe uma ou duas verduras por vez e ao final as crianças poderão provar as verduras.
  • “A digestão”– Reconhecer o processo de digestão. Usar alimentos de várias texturas, pedir para que as crianças identifiquem se precisa mastigar pouco ou muito para engolir. Explicar porque é importante comer com calma e mastigar bem os alimentos. *Sugestão: preparar espigas de milho para consumo do grupo, pois ajudará a identificar se a mastigação e digestão ocorreram direitinho ou não.
  • “Água” –Explicar benefícios de beber água e o que acontece com o corpo quando bebemos pouca água.
  • “De onde vem / como é feito?”– como é feito o bolo? Como é feito o pão de queijo? Tem diferença entre o bolo ou pão de queijo do mercado e o bolo feito em casa? Mostrar as crianças que uma mesma preparação pode ser saudável ou não, valorizando a forma de produção caseira, orgânica, natural e entre a família e amigos. Sugerimos que a professora identifique as curiosidades que o grupo tem em relação aos alimentos. Num segundo momento poderá ser feita uma culinária.
  • “Atividades culinárias”– propiciar um maior contato com os alimentos. Elaboração de receitas com as crianças, permitir que coloque a mão na massa! Bolos, cookies, pão, salada de frutas, sorvete de frutas, etc.
  • “Alimentos orgânicos” –explicar o que são alimentos orgânicos e qual a importância para a nossa saúde e do planeta.
  • “Visita à cozinha do NDI” –ver como é feito o nosso lanche e quem são os profissionais que o fazem.
  • “Reconhecendo a cultura alimentar, do Brasil e outros países” – identificar o que é cultura, porque os alimentos são importantes para cada cultura. Optar por uma ou duas culturas específicas que tenham a ver com o grupo. Num segundo momento poderá ser feita uma culinária sobre a cultura escolhida.
  • “Porque meu colega tem o lanche diferente do meu?” –explicar o que são as alergias e intolerâncias alimentares e os motivos que fazem o lanche do amigo da escola ser diferente.
  • “Comida de verdade”– explicar o que são alimentos processados e por que devemos evitá-los. Pedir para as crianças guardarem embalagens de alimentos que consumiram durante um período e trazerem para conversarmos sobre o assunto (nutricional e ambiental). *Atividade que pode ser combinada com grupo de educação ambiental

Eventos e oficinas com os pais

  • Oficina de pão de quê com os pais do NDI –No dia 10 de maio foram realizadas duas oficinas culinárias com os pais do NDI. Sendo abertas inscrições para 15 pais em cada período. Foi realizado o preparo de pão de quê rosa (de beterraba), verde (brócolis com manjericão) e amarelo (batata baroa e açafrão). Esta preparação foi escolhida por ser um desejo dos pais a indicação de lanches saudáveis para o preparo em casa e ser uma preparação adequada para crianças com alergias a glúten, soja e leite. Todos gostaram muito do resultado.
  • I passeio Ciclístico e de Motoquinhas do NDI – O nosso 1º Passeio ciclístico e de motoquinhas do NDI aconteceu na manhã de sábado do dia 10/09/2016. Foram convidadas a participar da atividade as crianças do NDI e suas famílias, o 1º ano do Colégio Aplicação da UFSC e as crianças do Flor do Campus. Foi uma manhã linda de sol onde as crianças e famílias se divertiram em dois circuitos preparados para que as crianças tivessem um espaço seguro e delimitado para se exercitarem. Depois da atividade tivemos um delicioso lanche coletivo.
  • 15ª SEPEX – participação no evento com estande Alimentação Saudável e Educação Nutricional no NDI, parceria com o projeto do Meio Ambiente do NDI. Elaboração de massinhas e tintas naturais

 Atividades com os servidores e equipe terceirizada

  • Alongamentos nos Setores: Realizada atividades de alongamento nos módulos I do NDI, no período matutino e vespertino. No período inicial, que se nominou de sondagem, as professoras, apontaram algumas dificuldades corporais, como por exemplo, a questão postural no lidar com crianças daquela idade e o trabalho desgastante pela atenção a todo tempo com as crianças nos momentos de troca, alimentação, diferentemente do trabalho com as crianças maiores. Infelizmente, não foi possível ampliar esta proposta aos demais setores pelo fato de não termos mais um componente, talvez um estudante do curso de Educação Física, que pudesse circular pelo NDI para as intervenções durante o horário de trabalho. Acredita-se que um importante ponto que poderia trazer a potencialização do Projeto, seria a contratação de um estagiário da área da educação física para juntamente conosco, planejar e intervir nos diferentes setores do NDI com vivencias corporais, alongamentos, participação das caminhadas e corridas como também das atividades educativas com as crianças.
  • Caminhadas- alongamentos e corridas: Iniciamos esta proposta com os professores e técnicos do NDI nos período matutino e vespertino. Foi realizado convite pessoal e colocado cartazes em pontos estratégicos do NDl, conforme abaixo:
  • No período da Manhã– Todas as terças-feiras saídas do NDI às 06h45min em direção à beira-mar e retorno por volta das 07h15min.
  • No período da Tarde-Todas as quintas-feiras saída do NDI às 18h30min em direção à beira-mar e retorno por volta das 19h15min.
  • Obs: Em caso de chuva não faremos a caminhada.
  • No início a participação foi tímida mais aos poucos o bem estar, a alegria, o entusiasmo foi contagiando o grupo e conseguimos uma melhor participação. Visivelmente a participação dos TAEs no período da manhã e das professoras no período da tarde.

Formação/treinamentos

  • Formações com os novos estagiários do NDI–abordados cuidados gerais em saúde, tais como: Higienização das mãos, troca de fraldas, sono da criança, segurança, cuidados com alimentação, prevenção de doenças, Influenza H1N1 e desobstruçãode vias aéreas.
  • Atividade de extensão com os profissionais e supervisores da rede municipal de ensino de Florianópolis – abordadas questões relacionadas ao cuidado em saúde, tais como: Higienização das mãos, troca de fraldas, sono da criança, segurança, cuidados com alimentação, prevenção de doenças, Influenza H1N1, convulsão, desobstrução de vias aéreas e traumatismo crânioencefálico.
  • Realização do Curso de Primeiros Socorros na Jornada Acadêmica da Pedagogia da UFSC – abordados os seguintes temas: princípios gerais de primeiros socorros, parada e ressuscitação cardiopulmonar, abordagem da vítima com trauma, lesões na coluna vertebral, movimentação em bloco e transporte de acidentados, desmaio, convulsão, ferimentos e hemorragias, fraturas, queimaduras, traumatismo crânioencefálico, obstrução de vias aéreas por corpo estranho e picadas de animais peçonhentos.
  • Treinamento Equipe da Limpeza – abordados os seguintes temas: organização do material a ser utilizado, uso de equipamento de proteção individual, cuidados de segurança no espaço infantil, limpeza dos ambientes e superfícies, especificidades do módulo I e diluição e uso dos produtos de limpeza. Levantamos junto a equipe a frequência e a forma como a limpeza é realizada nos diferentes módulo do NDI, com o intuito de reunir informações para confecção de um manual de rotinas do serviço.